Notas

Comunidade Canção Nova pede orações pela saúde do Seminarista Willian Silva Guimarães natural de Três Pontas-MG

Um grave acidente que ocorreu na manhã do dia 30 de Agosto (terça-feira), na RJ-186, entre os distritos de Boa Nova e São Pedro, em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, deixou uma vítima fatal, vários feridos e duas vítimas em estado grave. Entre eles está o Seminarista Willian Silva Guimarães, membro da comunidade canção nova, estudante de filosofia na mesma e natural de Três Pontas – Minas Gerais, filho da Diocese da Campanha.

O estado de Saúde de Willian é estável, porém muito complicado. Na última terça-feira 06/09, o estado de saúde do jovem  divulgado pela Comunidade Canção Nova, o seminarista continua intubado e sedado. Respirando por aparelhos  durante a noite, teve febre, devido à pneumonia que atingiu um dos pulmões, quadro que está sendo controlado pelos médicos.  Os médicos trocaram os antibióticos para estimular uma melhor reação no quadro de infecção pulmonar.

Nesta quarta-feira 07/09, a Comunidade CN lançou a nota com a seguinte informação: O seminarista Willian permanece intubado e sedado.  Apresenta pneumonia. Desde a madrugada a febre baixou e, no momento, respira por aparelhos, a pressão e batimento cardíacos estão normalizados. A infecção generalizada (septicemia) está sendo monitorada.

Nós do Portal Terra de Santa Cruz, nos unimos em oração com toda comunidade Canção Nova, com todo povo de Três Pontas que estão mobilizados em oração pela recuperação de William Silva Guimarães nosso irmão diocesano e de caminhada na fé. Que o Beato Pe. Victor interceda pelo nosso irmãozinho William e todos que se encontram internados por ocasião deste acidente ocorrido no último dia 30 de agosto.

Acompanhe o estado de saúde de Willian clicando AQUI

Acompanhe o estado de saúde de Felipe Pavão clicando AQUI

willian

VEJA A NOTÍCIA DO ACIDENTE 

Um veículo que transportava alguns seminaristas e padres da Comunidade Canção Nova tombou, enquanto seguia para Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, os membros da Comunidade se dirigiam para a primeira Missa que seria presidida pelo neo-sacerdote Pe. Edison de Oliveira – ordenado no Domingo, 28, na Canção Nova – que aconteceria em Campos dos Goytacazes (RJ).

Foram socorridos e levados para o hospital Helio Montezano de Oliveira, em Santo Antônio de Pádua (RJ) os seminaristas Sidney Dias, Thiago Pereira, Felipe Pavão, Willian Guimarães, Ricardo Cordeiro e Pe. Sóstenes Vieira, membros da Comunidade Canção Nova, além do Pe. Carlos César de Sousa, membro do Instituto Religioso Nova Jerusalém (que neste ano de 2016 faz uma experiência na Canção Nova).

O o seminarista Felipe Pavão foi levado para o Hospital “São José do Avaí” em Itaperuna (RJ) e os demais socorridos direcionados ao Hospital Municipal Helio Montezano de Oliveira, localizado na cidade de Santo Antônio de Pádua (RJ). Dentre as vítimas, estava Tiago Antunes Souza (27 anos), que faleceu ao dar entrada no hospital.

Pe. Sóstenes Vieira, Sidney Dias e Thiago Pereira sofreram pequenas lesões e foram liberados na mesma noite. Padre Carlos César de Sousa fraturou uma costela, realizou exames, foi medicado e liberado no dia seguinte (31). Ricardo Cordeiro teve um corte profundo na cabeça, foi internado, medicado e foi liberado no dia 31 de agosto. O seminarista chegou a ser internado pela segunda vez no sábado, 03, para a realização de um procedimento no Hospital “São José do Avaí”, em Itaperuna (RJ), e recebeu alta no dia cinco de setembro. Padre Carlos e o seminarista Ricardo se recuperam na Casa de Missão da Canção Nova na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ) até serem liberados pelos médicos para fazerem a viagem de retorno à Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP), onde residem, atualmente.

Felipe Pavão e Willian Guimarães continuam internados no Hospital “São José do Avaí”, em Itaperuna (RJ). Veja abaixo o estado de saúde dos seminaristas:

Por Portal Terra de Santa Cruz

Fote e Informações : Comunidade Canção Nova

 

Anúncios

TRÊS PONTAS TEM UM ILUSTRE MORADOR.

Após ter concluído os trabalhos como bispo diocesano de Campanha no sul do Estado de Minas Gerais, Dom Dimantino Prata de Carvalho um dos maiores líderes religiosos dos últimos 30 anos na região escolheu a cidade de Três Pontas como sua morada e o Carmelo São José como casa. Em sinal de acolhida foi celebrada uma missa em ação de graças pelos 17 anos do pastoreio de Dom Dimantino. O bispo emérito de Campanha esteve à frente da beatificação de Nhá Chica e Padre Victor;  no Carmelo de Três Pontas se encontram os restos mortais da Serva de Deus Madre Tereza Margarida conhecida como Nossa Mãe, dom Dimantino em entrevista à um jornal local afirmou que continuará auxiliando nas causas de beatificação que estão surgindo (com certeza pensou na Irmã Laura) e no processo de canonização dos dois já beatos.  No dia 19 de janeiro Dom Dimantino se reuniu com…

Ver o post original 20 mais palavras

Beatificação Padre Victor – Pastoral Litúrgica Diocesana disponibiliza material para celebrar, o Tríduo Preparatório da Beatificação!

Convidamos as paróquias de nossa diocese a celebrar, neste tempo de profunda alegria, o tríduo de preparação para a Beatificação do Venerável Servo de Deus Francisco de Paula Victor – presbítero.

Abaixo, segue o link com o roteiro de celebração para as celebrações, bem como nele as indicações dos cantos a partir do nosso Hinário Litúrgico Diocesano.

BAIXE O MATERIAL AQUI

Maiores Informações : Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda – Três Pontas

Fonte: Pastoral Litúrgica – Diocese da Campanha-MG

Adaptação: Portal Terra de Santa Cruz

 

Saudação e benção de Dom Diamantino Prata de Carvalho pela ocasião do início da última Novena em honra a Pe. Victor antes de sua beatificação.

Padre Victor, modelo de vida santa .

Irmãs e irmãos.

O Senhor lhes dê a paz!

Em 05 de junho de 2015, o Santo Padre Francisco concedeu-nos uma grande graça. Ele assinou o decreto de reconhecimento do milagre atribuído à intercessão do Venerável Servo de Deus Francisco de Paula Victor. Estamos muito gratos a Sua Santidade.

Pe. Victor

Com esse gesto, a Igreja reconhece a vida santa de um de seus filhos e o apresenta como modelo de santidade. É o que vai ser realizado através do rito de beatificação que, esperamos, aconteça em novembro próximo.

Contudo, em 23 de setembro, ocorre o aniversário da páscoa do nosso Venerável. Queremos nos preparar bem para essa memória, através da novena que, neste ano, tem como tema: “Padre Victor chamado à santidade”. E, como lema: “Sede santos, porque o Senhor é santo”.

Todas e todos, pelo batismo, somos chamados a ser santos. É o que se chama vocação universal à santidade. Mediante esse sacramento, somos inseridos na vida divina, tornandonos filhas e filhos do Pai do Céu. Se ele é santo, conclui-se que nós também devemos aspirar à santidade. Porém sabemos de nossas limitações e vicissitudes. Mas o Senhor nos favorece com a assistência de seu Espírito.

Sob a luz do divino Paráclito, Pe. Victor conseguiu enfrentar discriminação e preconceito e até perseguição. Na força da cruz superou sofrimentos e solidarizou-se com os fracos. Solícito com os pobres, ajudou-os em suas necessidades. Homem de oração, procurou testemunhar a verdade na caridade.

Atento à Palavra de Deus, viveu e agiu na humildade e na obediência. Armado por essa “espada de dois gumes”, Pe. Victor pôde dizer como São Paulo: “Combati o bom combate da fé”.

Nós, que o amamos, queremos seguir seu exemplo de vida santa. Mesmo em tempos de crise, em meio a uma sociedade que está perdendo os valores do Evangelho, envolta na indiferença e no relativismo, a gente pode ser fiel à vocação de ser santo. Podemos recorrer ao nosso futuro beato, rezando: “Se você conseguiu, me ajude a chegar lá”.

A todas e todos que realizarem a Novena de Pe. Victor envio o meu abraço e a minha bênção.

† Frei Diamantino P. de Carvalho, ofm

Bispo da Diocese da Campanha


Escrito em Campanha, 25 de julho de 2015, Festa do Apóstolo Santiago Maior. 

Adaptação: Portal Terra de Santa Cruz em 11/09/2015

( Dia 14/09, tem início a Novena pela beatificação de Pe. Victor – Três Pontas)


7

2ª Peregrinação Mineira, Terço dos homens ao Santuário da Padroeira de Minas/ Inscrições abertas.

terco_dos_homens_2015_A4-1

2ª PEREGRINAÇÃO MINEIRA TERÇO DOS HOMENS AO SANTUÁRIO DA PADROEIRA DE MINAS

Participe com seu grupo e sua paróquia.

Nossa Senhora da Piedade, rogai por nós!

Inscrições podem ser feitas até o dia 14 de agosto através do link:

www.santuarionsdapiedade.org.br/noticias.php

terco_dos_homens_2015_A4-1-2


Portal Terra de Santa Cruz, a fé Católica – Diocese da Campanha-MG

VÍDEO|Bispo alerta sobre o uso indevido dos termos católicos pelas seitas .

ATENÇÃO TODOS OS CATÓLICOS!
Bispo alerta sobre o uso indevido dos termos católicos pelas seitas .

Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém, faz um pronunciamento para esclarecer as diferenças entre a Igreja Católica Apostólica Romana e a Igreja Carismática

 


 

Capa goofle+

Santo do Dia| São Juliano esposo fiel, amou a família e os necessitados.

santo
São Juliano, rogai por nós!

Era casado e possuía uma hospedaria. Nela, ele partilhava a vida eterna que trazia em seu coração. Esposo fiel que amou a família e os necessitados.

No ano de 305, o imperador Diocleciano começou uma perseguição aos cristãos. Juliano, então, passou a acolher em sua hospedaria os cristãos perseguidos.

Alguns homens denunciaram Juliano. Ele foi arrancado de casa e levado ao tribunal. Por não renunciar à fé em Cristo, foi condenado e decapitado. Hoje, ele vive com Cristo na Glória. Continuamos em tempos de perseguição. Velada em alguns lugares e, em outros, bem visível.

Que o santo de hoje possa interceder para que, o Espirito Santo, nos ajude a sermos ousados em nosso testemunho, sem medo da morte e das perseguições, certos de que a nossa recompensa se encontra no céu.

São Juliano, rogai por nós!

Fonte Canção Nova


Logo Portal 3

Notícias – “Não toquem o meu Papa”: Franceses defendem estátua de bronze de João Paulo II

PARIS, 19 Mai. 15 / 11:54 am (ACI).- Em resposta à ordem emitida pelo Tribunal Administrativo de Rennes (norte da França) que decretou a remoção da cruz que está encima da estátua do canonizado Pontífice na praça João Paulo II em Ploërmel, um grupo lançou uma campanha para recolher assinaturas com a finalidade de defender a imagem.

EstatuaJuanPabloIICruzPloermel_FlickrTitemCC-BY-NC-ND-2.0_120515
Estátua de são João Paulo II em Ploërmel. Foto: Flickr Titem (DC-BY-NC-ND-2.0)

A ordem do Tribunal surge do agrupamento trotskista Federação de Livre Pensamento de Morbihan, que assinala: “A cruz na estátua atenta contra a lei de 1905 que esclarece a separação entre a Igreja e o Estado”.

Conforme esta lei, não se deve colocar nenhum sinal religioso como emblema nos monumentos ou em qualquer espaço público. O único lugar permitido são os lugares de culto, cemitérios ou museus.

Embora este grupo trotskista considere João Paulo II um personagem histórico e político, pediram eliminar a cruz e o arco que rodeia a estátua argumentando que são símbolos religiosos ostentosos. Os membros do Tribunal aprovaram a eliminação da cruz e disseram que se não for retirada dentro de seis meses, a imagem inteira será removida.

A estátua foi erguida em 2006 em Ploërmel por ordem do então prefeito, Paul Anselin. O escultor russo Zourab Tsereteli é o autor da figura de bronze de João Paulo II, a imagem mede oito metros de altura e é circuncidada por um arco sobre o qual está uma cruz.

O prefeito de Ploërmel, Patrick Le Diffon, assinalou ao jornal francês, Breizh-info: “A cruz é parte do trabalho do escultor e que o escultor, invocando a lei de propriedade intelectual, não estaria a favor de nenhuma mudança porque considera que o arco e a estátua se complementam. Se a cruz não pode separar-se da estátua, então todo o monumento será retirado”.

Tanto o atual prefeito como o antigo estão contra a ordem emitida pelo Tribunal. “Temos diante nossos olhos leigos atrasados! A estátua de João Paulo II é uma homenagem, pois ele foi um ‘’gigante da história’, derrotou o comunismo. Em vez de atacar-nos, estas pessoas devem ser mais tolerantes e abertas. Existem muitas cruzes nos monumentos de guerra por toda a França e ninguém pensa em retira-las! ”, comentou o ex-prefeito Pablo Anselin.

Por sua parte, o atual prefeito Diffon também expressou seu desejo de não render-se diante da ordem emitida pelo Tribunal e afirma: “João Paulo II “não era somente um homem da Igreja, mas também um homem do estado, pois lhe concederam a honra de estar na praça pública”.

Após a canonização do Papa João Paulo II, o conselho municipal decidiu batizar novamente a praça de São João Paulo II.

Na opinião de alguns cidadãos franceses, a eliminação da cruz alimentaria a cristãofobia que existe na França evidenciada atualmente na profanação de tumbas em Castres, no roubo do Santíssimo em Ars nas tentativas de ataque às Igrejas em Paris.

Salvemos a estátua!

Em resposta a esta ordem decretada pelo Tribunal de Rennes, Jozsef Michl, o prefeito de Tata, uma cidade localizada no nordeste de Budapest (Hungria), propôs a Diffon esta semana trasladar o monumento à cidade húngara: “Se a França, o país da liberdade, não quer a estátua, nós estaremos muito contentes de tê-la aqui na nossa cidade”, declarou à imprensa francesa. “É revoltante que isto aconteça no século XXI, como se houvesse um problema com as raízes cristãs da Europa”, acrescentou.

Uma plataforma cidadã lançou ainda a campanha para recolher assinaturas nomeada “Não toquem o meu Papa” (Touche pas à mon pape!). Este grupo quer formar uma cadeia humana para defender este patrimônio. “Se hoje o governo elimina a estátua de um Papa, amanhã o governo destruirá as cruzes! ”, assinalam na página web.

“É nosso dever preservar sua memória. Não só de nosso passado, mas também do nosso futuro, diante de tantas perseguições que existem no mundo contra a religião católica”, indicam.

POR ACIDIGITAL

Logo Portal 3


 

Santo do Dia – São Luís Maria Grignion de Montfort, devoto à Virgem Maria .

São Luís Maria Grignion de Montfort

São Luís Maria Grignion de MontfortContemplamos hoje, o fiel testemunho de Luís que, ao ser crismado, acrescentou ao seu prenome o nome de Maria, devido sua devoção à Virgem Maria, que permeou toda sua vida. Nascido na França, no ano de 1673, de uma família muito numerosa, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio e assim percorreu o caminho dos estudos.

Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, através de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres; como bom escravo da Virgem Santíssima não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia na consagração total e liberal à Santa Maria.

São Luís já era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas, e sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele; tanto assim que foi a Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas este não lhe concedeu tal pedido. Na força do Espírito e auxiliado pela Mãe de Deus, que nunca o abandonara, São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia do Senhor.

São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria. Influenciou inclusive o saudoso Papa João Paulo II, que por viver o que São Luís nos partilhou, adotou como lema o Totus Tuus, Mariae, isto é, “Sou todo teu, ó Maria”.

São Luís Maria Grignion de Montfort, rogai por nós!


Logo Portal 3

Vaticano: Francisco reza pelas vítimas do terramoto no Nepal

 Papa espera solidariedade fraterna em favor das populações afetadas

(Lusa)

Cidade do Vaticano, 26 abr 2015 (Ecclesia) – O Papa rezou hoje no Vaticano pelas vítimas do sismo que atingiu o Nepal, este sábado, apelando à solidariedade para com as populações afetadas pela tragédia, que provocou pelo menos 2 mil mortes.

pope@2x“Desejo assegurar a minha proximidade às populações atingidas pelo forte terramoto no Nepal e nos países vizinhos”, disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro para a oração do ‘Regina Caeli’.

O sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter que sacudiu este sábado o Nepal afetou cerca de 6,6 milhões de pessoas, segundo dados divulgados pela ONU.

“Rezo pelas vítimas, pelos feridos e por todos os que sofrem por causa desta calamidade. Que tenham o apoio da solidariedade fraterna”, apelou o Papa, numa intervenção sublinhada pelas palmas dos presentes.

“Rezemos a Nossa Senhora, para que esteja perto deles”, acrescentou Francisco, unindo a Praça de São Pedro na recitação de uma Ave-Maria. A intervenção recordou, depois, a beatificação, no Canadá, da religiosa Maria Elisa Turgeon, uma figura “exemplar” que se dedicou à educação e às obras de caridade.

O Papa saudou ainda os peregrinos polacos que assinalavam no Vaticano o primeiro aniversário da canonização de João Paulo II. “Caríssimo, que ressoe sempre no vosso coração o seu apelo: ‘Abri as portas a Cristo’, que fazia com aquela voz forte e santa que tinha”, apelou.

Papa Francisco 


Logo Portal 3