Arquivo da categoria: Padroeira do Brasil

Jubileu 300 anos de Aparecida – Paróquia N. Sra. Aparecida, Três Pontas/MG

Em comemoração ao Jubileu dos 300 anos da aparição da imagem de N. Sra. Aparecida no Rio Paraíba do Sul (1717), de 03 à 12/10 aconteceu à novena e festa da Padroeira do Brasil em Três Pontas/MG. Em todos os dias a Matriz de N. Sra. Aparecida esteve lotada por fiéis e devotos da Mãe Aparecida.

No dia 12/10, Dia da Padroeira, as celebrações eucarísticas aconteceram na Igreja Matriz N. Sra. Aparecida nos  horários das 07h e 10h (com carreata após a missa pelas ruas da cidade com a Imagem de Nossa. Senhora).

A missa de encerramento aconteceu às 18h com Procissão Luminosa passando por algumas ruas próximas da Igreja Matriz D’ Aparecida.

Presidiu a santa missa a sua Excelência Reverendíssima Dom Diamantino Prata de Carvalho, bispo emérito da Diocese da Campanha.

Concelebrou essa celebração os Reverendíssimos Padres André Rodrigues Vilas Boas (Pároco) Ednaldo Barbosa e André Luiz da Cruz (Pároco e Vigário da Paróquia N. Senhora D’Ajuda).

Em todos os horários de missa a comunidade de fé participou ativamente, a Igreja esteve completamente tomada pelos fiéis devotos de Nossa Senhora. Ao final de cada celebração as crianças receberam uma lembrança referente ao dia das crianças também celebrado no dia 12/10.

image (1).png

image (2).png

image (3).png

“Senhora Aparecida: 300 Anos de bênçãos e de graças!”

Nossa Senhora Aparecida, Rogai por nós!

Informações: Renan Ribeiro – Paróquia D’Aparecida – Três Pontas/MG – Fotos: Crédito à Daniel Bressane

 

Anúncios

Festival da Padroeira: o exemplo de Pe. Zezinho aos jovens

O Brasil vem de uma semana importante e festiva pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Se não com a oração, com a devoção e o testemunho, pode ser a música a elevar nossa proximidade com a Mãe, tocando o coração principalmente dos jovens, ao abraçar essa nova e estimulante experiência de fé.

Padre Zezinho e sua canção “Oração pela Família”, conhecida internacionalmente e que o ajudou a ganhar um Disco de Ouro em 1991, foi interpretada junto a um grupo de padres no palco do Santuário de Aparecida, em São Paulo. O show de 10 de outubro fez parte do Festival da Padroeira para as comemorações dos 300 anos.

Entre os padres cantores que se apresentaram com canções marianas para homenagear Nossa Senhora estavam: Fábio de Melo, Reginaldo Manzotti, Joãozinho, Juarez, Omar, Marcos, Antônio Maria e Pe. Periquito. O cantor Daniel e Ziza Fernandes também participaram do show. Padre Zezinho, desde os 9 anos frequentando o Santuário, sabe o que significam esses 300 anos de Aparecida e a força que os padres e pastores têm para interceder pelos fiéis.

Pe. Zezinho – “Num testemunho bonito de unidade, 15 padres e o cantor Daniel, apresentado também com o Pe. Fábio de Melo, cantaram para Maria, cada um do seu jeito. Pe. Zezinho esteve junto, falando de Maria – a Maria que acompanhou o Filho desde Belém até a cruz. E dizíamos para o povo presente, em multidão: ‘Perto de Maria, perto de Jesus. Longe de Maria, longe de Jesus’ porque Maria sempre peregrinou com o Filho. Nos 300 anos da festa e da presença de Maria em Aparecida, com os seus sinais, estamos lembrando a presença da Igreja também. Foi muito bonito, foi uma festa impressionante e foi um jeito nosso de dizer: ‘Com Maria, sempre com Maria’. E, por isso, ‘com Jesus e sempre com Jesus’.

No canal da TV Aparecida no YouTube você pode conferir a participação de Pe. Zezinho no Festival da Padroeira (https://goo.gl/udE3bf).

Portal Terra de Santa Cruz

Adicione o nosso perfil no facebook, fale conosco!

Curta nossa página no Facebook e conheça o nosso canal no YouTube 

Solenidade da Padroeira do Brasil – Jubileu 300 anos de bênçãos e de graças! – Campanha/MG

A Paróquia Santo Antônio em Campanha/MG celebrou solenemente os 300 anos da Aparição de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul. Em todas as dioceses e paróquias do Brasil foi realizada uma programação especial para celebrar o Jubileu 300 anos de Bênçãos e de Graças – Aparecida 1717-2017. Em Campanha não foi diferente, a paróquia se movimentou e preparou com muito carinho uma grande programação solene e emocionante.

As festividades começaram no dia 01 de Outubro, dia em que a Igreja faz memória de Santa Terezinha do Menino Jesus, doutora da Igreja e padroeira das santas missões. Neste dia a comunidade paroquial da Campanha recebeu a Imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Para contar um pouco sobre esta imagem que peregrinou a toda a Diocese da Campanha, segue o relato escrito pelo Reverendíssimo Padre Edson Pereira Oliveira. Relato este que, foi lido no dia em que a imagem retornou à Catedral da Campanha.

No dia 08 de agosto de 2015, na Romaria da Diocese à Aparecida-SP, Dom Raimundo Damasceno entregou a Dom Diamantino então bispo desta diocese a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que peregrinaria todas as 70 paróquias da diocese.

Naquele mesmo dia, ela foi recebida com muita fé e alegria pelos fiéis de nossa paróquia, na Praça Zoroastro de Oliveira e conduzida até a Catedral onde Dom Diamantino presidiu a missa de acolhida da imagem na diocese. Ela permaneceu conosco uma semana. Percorreu todas as nossas comunidades tanto urbanas como rurais. Visitou o Lar Vicentino, a Santa Casa de Misericórdia, nossas escolas e a casa de alguns enfermos.

Na semana seguinte ela foi levada a Passa Quatro/MG onde acontecia o retiro do clero e foi acolhida naquela paróquia, da qual seguiu visitando todas as paróquias de nossa Diocese, concluindo sua visita na cidade de Nepomuceno/MG.

A pedido de nosso Pároco Côn. Luzair, Dom Pedro concedeu-nos este presente, a imagem peregrina hoje vem para nossa catedral, não mais para fazer uma visita. Mas para estabelecer morada perpétua nesta igreja mãe de nossa diocese.

Quantas estradas esta imagem percorreu, asfalto, terra, barro, trilhos… Quantas Famílias visitou, desde casas abastadas a casas muito simples… Quantos Jovens, adolescentes, homens e mulheres renderam a Maria sua homenagem através desta imagem… Quantos idosos e doentes esta imagem não levou consolo e esperança.

As preces dos devotos foram tantas que ao toque de incontáveis mãos, sua cor morena desbotou. Com certeza esta imagem tem o “cheiro” do seu povo…

Recebemos agora com muito amor e carinho esta imagem, sinal singelo da presença de Maria entre nós. Seja bem vinda mãe Aparecida. Esta quase tricentenária cidade te acolhe de braços abertos. Campanha quer ser para vós uma eterna morada. Não queremos somente que habite em nosso bem mais precioso, a catedral, mas no coração de cada campanhense. Vem Maria! Vem Mãe de Jesus. Vem ao nosso encontro. Seja sempre a nossa luz.

Após a leitura do referido texto, o Côn. Luzair introduziu a Imagem Peregrina da Senhora Aparecida na Catedral. Os fiéis cataram com o coro a música Romaria e em seguida todos rezaram a Oração Jubilar dos 300 anos de Aparecida.

 

4

P1060259

No dia 02/10, Campanha celebrou 280 anos de história e uma missa em Ação de Graças foi realizada ás 17h na Catedral. Após a santa missa todos os movimentos e pastorais da paróquia se reuniram para reza do rosário luminoso que foi conduzido pelo Vigário Paroquial Pe. Edson Pereira Oliveira. Cada pastoral e movimentos reuniram cerca de dez pessoas, cada uma com vela em mãos, Ao todo 200 pessoas participaram do Rosário Luminoso. O rosário foi rezado na intenção do povo campanhense por ocasião do aniversário da cidade e em preparação para a novena da padroeira do Brasil que teve seu início no dia 03/10.

Com muita fé e devoção a paróquia deu início à novena de Nossa Senhora Aparecida, novena esta muito esperada pelos paroquianos devotos de nossa senhora. A paróquia possui três comunidades que tem como padroeira a Senhora Aparecida. Com. Urbana de N. Sra. Aparecida na COHAB, Com. Rural do Distrito de Ferreiras (Ressaca) e Com. Rural da Conquista. Cada comunidade realizou a novena da padroeira de acordo com seus costumes e criatividades.

A novena aconteceu também na catedral de Santo Antônio, cada dia ficou na responsabilidade de uma pastoral ou movimento. Cada dia da novena foi emocionante, as entradas da imagem da Mãe Aparecida foram realizadas com muita criatividade e devoção.  A participação do povo foi muito linda, era visível a emoção no olhar e na oração de cada fiel que participou e rezou esta novena.

Na madrugada do dia 12/10, dia da Padroeira do Brasil fiéis se reuniram na Catedral para saírem em romaria para à comunidade de Nossa Senhora Aparecida no distrito de Ferreiras. Os romeiros foram conduzidos pelo Reverendíssimo Padre Edson Pereira Oliveira que juntos rezaram o rosário, cantaram e no caminho assistiram as encenações dos principais milagres de Nossa Senhora Aparecida. Foram quase 7 horas de caminhada até a comunidade rural do Distrito de Ferreiras, comunidade está que preparou um lanche e acolhida aos romeiros na entrada do distrito, precisamente na quadra ao lado da APAS. Após a acolhida e alimentação, os romeiros e os fiéis que ali já esperavam para missa, acompanharam com fé e devoção à procissão que passou pelas principais ruas do distrito. Após a procissão, precisamente às 10h15min da manhã, todos participaram da Santa Missa solene, presidida pelo Monsenhor José Hugo Goulart e Silva. A prefeitura municipal da Campanha disponibilizou ônibus para trazer os romeiros de volta a cidade. Às 14h na comunidade rural da Conquista foi celebrada a missa festiva de Nossa Senhora Aparecida, presidida pelo vigário paroquial Pe. Edson Pereira Oliveira.

Na Catedral houve duas celebrações solenes, às 07h e ás 10h da manhã, presididas pelo Reverendíssimo Cônego Luzair Coelho de Abreu, pároco e cura da catedral.

Encerrando os festejos da padroeira às 17h na catedral, fiéis saíram em procissão com a imagem da Virgem Mãe Aparecida em direção a Igreja da COHAB, onde a Mãe Aparecida é padroeira. Foram cerca de uma hora e meia de caminhada. Durante este temo, os fiéis rezaram o Rosário conduzido pelo Cônego Luzair. O pessoal da comunidade da COHAB organizou e enfeitaram lindamente as ruas do bairro, na chegada da procissão, todos acolheram a imagem de Nossa Senhora cantando a tradicional canção “Dai-nos a bênção, oh mãe querida, Nossa Senhora Aparecida” e muitos aplausos e vivas a padroeira do Brasil. A santa missa foi presidida pelo Reverendíssimo Pe. Edson Pereira Oliveira e concelebrada pelo Pe. Rogério da Diocese de Uruaçu-GO que neste mesmo dia dava início as santas missões nas comunidades N. Senhora Rainha da Paz e N. Senhora do Rosário juntamente com as Irmãs Salesianas que foram enviadas em missão nesta mesma celebração. Ao final da Santa Missa todos realizaram a consagração a Nossa Senhora Aparecida.

15

13

Veja mais Fotos em nosso perfil no facebook

Curta nossa página no Facebook e conheça o nosso canal no YouTube 

Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

Jubileu 300 anos de bênçãos e de graças – 1717 – 2017

Por Bruno Henrique Santos – Gestor do site Terra de Santa Cruz

Papa dá de presente Rosa de Ouro ao Santuário de Aparecida

Estamos nos aproximando da grande festa dos 300 anos do encontra da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul. Ontem nono e último dia de preparação para este evento, viveu-se um momento muito especial com a presença do Delegado do Santo Padre para a comemoração, Cardeal Giovanni Battista Re, que entregou ao Santuário Nacional a Rosa de Ouro, presente do Papa Francisco. Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Aparecida recebeu a honraria que representa a predileção do Pontífice por personalidades, Santuários e o reconhecimento de fatos históricos, importantes para a Igreja.

Sobre os momentos vividos no Santuário no dia de ontem nós conversamos com o Reitor do Santuário Nacional Padre João Batista de Almeida.

Chegada do Delegado Pontifício

O Delegado Pontifício, Cardeal Giovanni Battista Re chegou ao Santuário Nacional na manhã de segunda-feira (9) e foi recepcionado pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, pelo Arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Scherer, pelo Reitor do Santuário, Padre João Batista de Almeida, pelo ecônomo, Padre Daniel Antônio, pelo Prefeito de Igreja, Padre Rodrigo Arnoso e diversos Missionários Redentoristas.

Assim que chegou, o representante do Papa fez questão de visitar o nicho de Nossa Senhora Aparecida, onde rezou uma Ave Maria junto aos devotos que estavam visitando a Imagem.

Programação

Nos três dias de comemoração dos 300 anos de Aparecida o Legado Pontifício preside a celebração eucarística das 9h, neste dia 11 de outubro e no dia 12, a Missa Solene, às 9h30.

19H00  VIGÍLIA MARIANA

20H30  FESTIVAL DA PADROEIRA COM PADRE CANTORES

LOCAL: TRIBUNA PAPA BENTO XVI

GRATUITO

PARTICIPAÇÃO: PE. FÁBIO DE MELO, PE. ANTÔNIO MARIA, PE. REGINALDO MANZOTTI, PE. JUAREZ, PE. OMAR, PE. ZEZINHO, PE. JOÃOZINHO, PE. MARCOS E PE. PERIQUITO.

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: DANIEL E ZIZA FERNANDES

Foi em clima de alegria e oração que o Santuário de Aparecida celebrou nesta segunda-feira (9), o último dia da Novena Solene em preparação as festividades do grande Jubileu dos 300 anos, que terá início nessa terça-feira, dia 10.

Os nove dias de celebração recordou os principais momentos dos três séculos de história da Padroeira do Brasil, homenageando as pessoas que fizeram parte da difusão da devoção à Mãe Aparecida.

“A novena esse ano foi bastante oracional e esse era o desejo nosso, que fosse um momento muito forte de oração do povo de Deus. Os pregadores vieram coroar esse momento oracional, colocando a devoção a Nossa Senhora como um grande louvor a Deus, mas também como um compromisso de fé e de vivência em sociedade, tanto a tarde com os bispos redentoristas, quanto à noite com os bispos convidados pelo Dom Orlando”, avaliou o Reitor do Santuário, Padre João Batista de Almeida.

O reitor frisou também, a importante participação dos devotos, que segundo ele, colocou o coração em oração. “O povo contribuiu e muito com a sua presença, com a sua animação e posso dizer com toda certeza também, com o seu momento de silêncio. O povo soube calar na hora em que precisava fazer silêncio para o coração rezar, e foi muito bonita a Novena esse ano.”

Durante os nove dias, foram mais de duzentos voluntários nas coreografias, 50 pessoas na produção dos carros andor, 17 bispos celebrantes, e diversos sacerdotes concelebrantes, além de toda a equipe de liturgia e colaboradores do Santuário Nacional que direta ou indiretamente estiveram envolvidos na organização de todas as celebrações, para que tudo saísse perfeito e o povo pudesse se preparar bem para as festividades nos dias 10, 11 e 12 de outubro.

Festa Jubilar

Nos próximos dias, o Santuário estará em festa com uma programação repleta de celebrações, procissões e shows em homenagem aos 300 anos de bênçãos e de graças do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Destaque para o dia 11, quando a Mãe Aparecida será presenteada com a revelação da Cúpula Central.

“No dia 11 nos queremos dar um grande presente a Nossa Senhora, que é a coroa do seu Santuário, a Cúpula, e vai ser para nós um momento bastante emocionante e um presente que vai ficar para a história”, afirmou padre Joao Batista.

No dia 12, o dia oficial da Padroeira do Brasil, os devotos recordaram o caminho que Nossa Senhora Aparecida fez até se tornar símbolo nacional da fé, com uma procissão saindo do Porto Itaguaçu até o Santuário.