Com alegria, o Distrito de S. Antônio do Rio das Mortes vira paróquia e acolhe novo pároco – Diocese de São João del-Rei.

O Distrito de Santo Antônio do Rio das Mortes presenciou um momento histórico na última terça-feira, 06. Através de um decreto deixado por Dom Célio de Oliveira Goulart, a comunidade Santo Antônio e Beata Nhá Chica passou a ser paróquia e já acolheu o novo pároco, padre Sérgio França.

Presidida pelo administrador diocesano, padre Dirceu Medeiros, e concelebrada por diversos padres diocesanos, a missa de posse teve início com as orações e apresentação do sacerdote para toda a comunidade. Foi lido o termo de instalação da paróquia e, em seguida, a provisão canônica, empossando o sacerdote como pároco. “É uma alegria a criação desta paróquia. Foi um desejo do Dom Célio, que em vida, fez o decreto episcopal, após ouvir o conselho presbiteral”, explica o sacerdote.

Com o objetivo de servir de “escola” para os vocacionados, a nova paróquia será conduzida, sempre, pelo reitor do Seminário Propedêutico São Tiago, no caso, Padre Sérgio França. “O objetivo principal é favorecer o atendimento dos fiéis e os aproximarem da Igreja que, como mãe, acolhe, cuida, fortalece e oferece a Palavra de Deus e seus Sacramentos”, destaca padre Dirceu.

Durante a cerimônia, Padre Sérgio renovou suas promessas sacerdotais, fazendo seu juramento de fidelidade e o cumprimento da Palavra de Deus. “Deus me conduziu para essa Paróquia do Rio das Mortes, um lugar que está começando por um decreto do Dom Célio. É uma alegria muito grande participar do sonho deste povo. Esse é o significado da vocação, dizer ‘ei-me aqui’ e deixar Deus conduzir”, destaca o empossado, padre Sergio França.
Eufórica, a comunidade manifestou sua alegria e rendeu graças pela chegada do sacerdote. “Para nós é uma alegria muito grande acolher o padre Sérgio em nossa paróquia. Já tivemos a oportunidade de trabalhar com ele. A expectativa é grande”, expressa a paroquiana, Caroline Carvalho.

Após as homenagens da comunidade ao novo pároco, Padre Sérgio proferiu seu discurso de agradecimento. O sacerdote agradeceu a Dom Célio pela confiança, ao padre José Bittar e os paroquianos de Matosinhos, segundo ele, o tornaram são-joanese, ao clero diocesano, familiares e amigos.

Após a leitura da ata o sacerdote foi saudado pelos seus novos paroquianos. Um lanche partilhado encerrou a programação.

Com Informações e fotos: Lucas Silveira ->   http://diocesedesaojoaodelrei.com.br

 

Anúncios

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s