“Amoris laetitia”: Exortação Apostólica Pós-Sinodal sobre a família do Papa Francisco será publicada em 8 de abril

Cidade do Vaticano (RV) – “Amoris laetitia” (Sobre o amor na família) é o título da Exortação Apostólica Pós-Sinodal sobre a família do Papa Francisco.

O texto será publicado na sexta-feira, 8 de abril, e estará disponível em seis línguas, entre as quais o português. A Exortação será apresentada aos jornalistas na Sala de Imprensa da Santa Sé pelo Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, Card. Lorenzo Baldisseri, e pelo Arcebispo de Viena (Áustria), Card. Christoph Schönborn.

Também participa da coletiva um casal italiano de professores, docentes de Filosofia: Prof. Francesco Miano, que leciona na Universidade de Roma Tor Vergata e a Professora Giuseppina De Simone, da Faculdade Teológica de Nápoles.

“Amoris laetitia” 
A coletiva poderá ser acompanhada ao vivo no Vatican Player da Rádio Vaticano, onde permanecerá disponível também on demand.

A Exortação Apostólica “Amoris laetitia” será publicada quase seis meses após a conclusão do Sínodo Ordinário sobre a Família convocado pelo Papa Francisco em outubro passado. Um ano antes, em 2014, o Pontífice convocou um Sínodo Extraordinário sobre o mesmo tema.

Depois de dois anos de intenso trabalho dos bispos que participaram dos dois Sínodos, o texto do Papa Francisco é aguardado pelas dioceses do mundo inteiro por oferecer diretrizes e linhas de ação sobre temas práticos que dizem respeito à família.

Por Rádio Vaticana 

Adaptação Portal Terra de Santa Cruz 

Anúncios

Francisco visita Bento XVI durante a Semana Santa

Cidade do Vaticano (RV) – Uma visita estritamente particular com o intuito de levar pessoalmente suas felicitações de Páscoa ao Papa emérito. Assim Francisco foi ao mosteiro Mater Ecclesia, nos Jardins do Vaticano, onde Bento XVI vive desde a sua renúncia.

Durante a Semana Santa – cita a agência Ansa – o Papa emérito presidiu a Liturgia da Paixão e também alguns rituais pascais. Joseph Ratzinger completará 89 no próximo dia 16 de abril.

Apesar de privada, a visita marcou o reencontro entre Francisco e Bento XVI após a abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro, em 8 de dezembro.

Francisco abraça o Papa emérito na abertura da Porta Santa – ANSA

Encontros públicos
O primeiro – histórico – foi o encontro em Castel Gandolfo, no dia 23 de março de 2013, quando Bento XVI e Francisco rezaram juntos por alguns momentos.

Depois disso, em 5 de julho de 2013, Bento XVI apareceu novamente ao lado de Francisco durante a inauguração de um monumento a São Miguel, nos Jardins Vaticanos.

Em 22 de fevereiro de 2014, durante o consistório para a criação de novos cardeais, a Basílica Vaticana teve pela primeira vez na história a presença de dois papas.

Ratzinger voltaria a encontrar o público – e Bergoglio – em 27 de abril de 2014, quando da canonização de São João Paulo II e São João XXIII, na Praça São Pedro.

Dois meses mais tarde, em 28 de setembro, a convite de Francisco, Bento XVI voltou à Praça São Pedro, onde participou do encontro com a terceira idade. O Papa emérito aparecera bem disposto, apesar de caminhar muito devagar e com a ajuda de uma bengala.

Sempre a convite do Papa Francisco, Bento XVI esteve novamente na Praça São Pedro em 19 de outubro de 2014, quando concelebrou o rito de beatificação do Papa Paulo VI.

Em 2015, Bento XVI voltou à Basílica de São Pedro, onde participou do consistório no qual Francisco criou 20 novos cardeais em 14 de fevereiro.

No final de 2015, Bento XVI passou a Porta Santa da Misericórdia da Basílica de São Pedro, aberta pelo Papa Francisco para o Jubileu, em 8 de dezembro.

Notícias de Bento XVI

A Fundação Joseph Ratzinger mantém um site atualizado com informações acerca das atividades do Papa emérito.

A Rádio Vaticano mantém uma seção especial dedicada às notícias sobre Bento XVI. (ansa/rb)

Por Rádio Vaticana 

Adaptação: Portal Terra de Santa Cruz 

Bento XVI e a misericórdia no centro da atual história cristã

Cidade do Vaticano (RV) – Um livro com participação do Papa emérito Bento XVI, organizado pelo jesuíta Daniele Libanori, chega às bancas com o título “Per mezzo della fede. Dottrina della giustificazione ed esperienza di Dio nella predicazione della Chiesa” (Através da fé. Doutrina da justificação e experiência de Deus na evangelização da Igreja). “Para mim é um sinal dos tempos o fato que a ideia da misericórdia de Deus seja sempre mais central e dominante”, afirma Bento XVI que fala de Francisco na obra.

Francisco e Bento XVI – ANSA

http://media02.radiovaticana.va/audio/audio2/mp3/00521960.mp3

O livro traz a publicação de manifestações feitas num convênio teológico promovido em outubro de 2015 em Roma. Numa entrevista proposta na obra, o Papa emérito cita a santa polonesa Faustina Kowalska (1905-1938), que das suas visões refletem “o desejo da bondade divina que é exatamente do homem do hoje”. Bento XVI também faz referência a São João Paulo II que canonizou a sua conterrânea e publicou uma encíclica sobre o tema: “Deus, rico de misericórdia” (1980).

Papa Francisco e a misericórdia

O Papa emérito explica no livro que o seu sucessor, Papa Francisco, se encontra “de acordo com essa linha (que põe a misericórdia ao centro da mensagem cristã). A sua prática pastoral se expressa sobre o fato que ele nos fala continuamente da misericórdia de Deus”.

E Bento XVI conclui: “os homens de hoje sabem de ter necessidade da misericórdia de Deus e da sua delicadeza. Na dureza do mundo tecnicista, no qual os sentimentos não contam mais nada, aumenta a espera por um amor divino que venha doado gratuitamente. Parece-me que no tema da misericórdia divina se expresse em um modo novo aquilo que significa a justificação pela fé”.

Por Rádio Vaticana  – Adaptação: Portal Terra de Santa Cruz 

Data de nascimento do Beato Pe. Victor torna-se feriado Municipal em Campanha/MG-12 de Abril

Sancionada lei que define 12 de abril como feriado municipal – já para este ano

 A Prefeitura sancionou a lei que define o dia 12 de abril como feriado no Município da Campanha, data em que se comemora o nascimento do campanhense Francisco de Paula Victor, o Padre Victor, beatificado no ano passado pelo Vaticano. A lei, oriunda de projeto aprovado na Câmara e de autoria da Vereadora Heloisa Helena Limoeiro Müller, passa a valer para este ano e deve incentivar o Município a comemorar o nascimento do beato conterrâneo, o que pode ser alternativa para o desenvolvimento do turismo em Campanha.

 “Há muito tempo a Câmara tem aprovado indicações sobre o tema de Padre Victor. Várias ideias foram propostas, sugerindo, por exemplo, que a Prefeitura pudesse realizar eventos permanentes na data de seu nascimento, 12 de abril. Ainda foram aprovadas indicações que sugeriram o desenvolvimento de um projeto turístico e construção de uma estátua de Padre Victor no Morro do Cruzeiro, bem como, mais recentemente, uma indicação que sugeri o estudo para a criação de um museu do beato, abrigando aqui parte da história do campanhense. Campanha há muito espera que o Poder Público valorize com maior intensidade a importância e a biografia deste ‘bom pastor segundo o coração de Cristo, humilde arauto do Evangelho e zeloso educador dos jovens’, como nos disse o Papa Francisco, por ocasião de seu processo de Beatificação. Agora, através de apelos da comunidade e também de sugestões de autoridades como o Promotor de Justiça da Comarca da Campanha Dr. Paulo Henrique Senra Carneiro Barbosa, pudemos concretizar mais uma etapa em prol do desenvolvimento do turismo e da cultura em Campanha. Acredito que foi dado mais um passo para que os campanhenses possam, neste dia, participar de eventos que possam vir a ser realizados pelo Município, em comemoração à data de nascimento do beato em Campanha MG. O feriado municipal passa a valer já para este ano, no próximo dia 12 de abril. Esperamos que o Município, caso não possa realizar eventos neste ano (pelo tempo escasso), que já programe para o ano que vem comemorações e projetos, através de parcerias com a Paróquia, por exemplo, ou exposições alusivas ao campanhense. É um grande passo para consolidarmos ações para o turismo da cidade, já que aqui nasceu o chamado ‘bem-aventurado’, reconhecido oficialmente pelo Vaticano”, salientou a autora do projeto de lei, a Vereadora Heloisa Helena Limoeiro Müller. 

Texto  http://www.camaracampanha.mg.gov.br

Reveja Chegada da Imagem do Beato em Campanha, um dia após sua beatificação, os Campanhenses receberam Pe. Victor, assim como no passado, o mesmo foi recebido quando retornou do seminário de Mariana/MG para atuar como Pároco de Campanha, com festa ele foi bem recebido.Não foi diferente após sua beatificação, muita festa foi feita para recebe-lo .  Veja o Vídeo desse dia emocionante…

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DO BEATO

O livro que conta a história de Francisco de Paula Victor, escrito pelo teólogo italiano Gaetano Passarelli, começa com um sonho. O jovem negro, escravo, que passava seus dias na Campanha (MG) do início do século XIX, revela ao seu professor de alfaiataria que queria ser padre. Era um sonho impossível a pessoas como ele à época, mas ter fé é crer no que não é possível. E Victor venceu todos os preconceitos e barreiras sociais, se tornando o primeiro padre ex-escravo do Brasil. No dia 14 de novembro, ele será beatificado pela Igreja Católica em Três Pontas (MG).

O que se sabe de Victor está descrito nos poucos documentos que ele deixou em vida e nas dezenas de depoimentos das pessoas que o conheceram. São histórias passadas de pais para filhos que contam de sua humildade, total dedicação às pessoas, persistência ante obstáculos racistas. O que se pode perceber na vida de Padre Victor é que a fé realmente “remove montanhas”, e um sonho é capaz de mudar a realidade de uma época.

Vida no interior das Minas de outrora.
A história de Padre Victor começa em um casarão na Rua Direita da Campanha (MG) de 1827. Foi ali que ele nasceu no dia 12 de abril. O primeiro documento consta que ele foi batizado oito dias depois pelo padre Antônio Manoel Teixeira. Cidade mais antiga do Sul de Minas, àquela época a vila de Campanha da Princesa da Beira reunia fazendeiros em busca de ouro e seus escravos. CONTINUE LENDO AQUI

PE VICTOR.jpg

Por Portal Terra de Santa Cruz